Primeiro amor nunca se esqueça (Portuguese Edition) por Lewis Burke

Titulo del libro : Primeiro amor nunca se esqueça (Portuguese Edition)
Fecha de lanzamiento : December 23, 2018
Autor : Lewis Burke
Número de páginas : 2158

Descargue o lea el libro de Primeiro amor nunca se esqueça (Portuguese Edition) de Lewis Burke en formato PDF y EPUB. Aquí puedes descargar cualquier libro en formato PDF o Epub gratis. Use el botón disponible en esta página para descargar o leer libros en línea.

Primeiro amor nunca se esqueça (Portuguese Edition) por Lewis  Burke

Lewis Burke con Primeiro amor nunca se esqueça (Portuguese Edition)

Ao mesmo tempo vimos para trabalhar na construção da casa. Constrói a casa de Blankenburg Latvian Krause. Somos três nele a força subsidiária, funcionários inexperientes. Cada um é Grisha, o ucraniano de vinte anos lento atarracado, no exército o sargento de pessoal, pomkomvzvoda. O segundo - o tipo alegre rubicundo cujo nome não me lembro. O terceiro - eu.

Krause é a pessoa corada alta, idosa, é constante todos insatisfeitos. Agora é insatisfeito conosco. Segundo ele, ambos nós somos bobos, e somos preguiçosos, e Comunistas. Silenciosamente assumimos todos os epítetos com os quais Krause tem de apresentar-nos.

Preparo um concreto de árvore, que é encho vários barreis da serragem, um barril de cascalho e meio de um barril de visco em um enorme cocho de conselho. Finalmente Krause derruba um balde de cimento; o cimento não confia em mim. Então tenho de muito cavar rapidamente e completamente esta mistura, regando-o. Baldes de mistura prontos é usável na construção e batemos no timbering batido a uma armação de casa. Todos muito rapidamente, dê - dão. Qualquer parada e intervalos de fumaça não é necessário. Não há mesmo nada o mesmo nada para fumar, a propósito, exceto vários tocos dos cigarros que são apanhados para o caminho. Mas para a tarde e será provavelmente uma parte de um pagamento por um alojamento da noite. Em intervalo de almoço último. Foram quebrados grandes, trabalho obviamente não na solda. Krause parte para jantar para casa, e três somos chamados pela anfitriã em um pequeno alojamento amarelo que os proprietários alugam enquanto a sua casa é na construção.

Na cozinha muito pequena atrás de uma pequena pequena mesa por algum milagre acomodamos três e a anfitriã com duas crianças - Gunar de sete anos e Dzintra de dois anos. A anfitriã, senhora Frida Blankenburg, mulher estrita de trinta anos de espessura com o lábio inferior fino que atua para a frente oferta dele expressão arrogante. No passado - o professor de mulher de um dos ginásios de esportes de Riga. Com crianças fala estritamente e só em letão. Conosco - muito distintamente em russo com o acento letão. Almoço o mais simples. Não têm economia. Os produtos recebem por cartões. É um pequeno empregado, o técnico florestal, trabalhos em Riga. Logo Krause vem, e continuamos o trabalho.